Tom Newhouse

Escritório/Estúdio

Thomas J. Newhouse Design
Grand Rapids, Michigan

Prêmios/Reconhecimento

1996 Neocon Gold Award, Q system, 
1996 Neocon Silver Award, Limerick chair
1995 IDSA Silver Award for Avian chair
1995 IDSA Silver Award for Compass filing
1994 IIDA Apex Award, Compass filing
1994 IDSA Bronze Award for TD Collection
1987 IDSA Design Excellence Gold Award for Newhouse Group furniture

Tom Newhouse

Na nona série, Tom Newhouse contou ao orientador escolar sua escolha de carreira. Em seguida, ele explicou o que era um "designer industrial". Esse é o destino da juventude precoce.

"Não me lembro de uma época em que eu não estivesse planejando, projetando ou construindo. Se nossa sala atuava em uma peça teatral, eu construía o cenário. Se algo quebrava, eu consertava. Sempre gostei de descobrir como as coisas funcionam."

Tom atribui a seu pai, um engenheiro autodidata, sua fascinação pelo mundo da mecânica. "Eu poderia perguntar sobre qualquer coisa técnica e ele explicava de forma lógica e simples." Para contrabalançar esse pragmatismo havia sua mãe, cujas esculturas, pinturas e sensibilidade estética "me mostraram outra maneira totalmente diferente de olhar para o mundo".

As influências duais e complementares de seus pais aparecem através de seus projetos e pensamento. Elas ficam evidentes na grande casa com energia solar na encosta que ele construiu para sua família em meados dos anos 70. Seus trabalhos profissionais como exibições, interiores para pessoas com deficiências físicas, iluminação, móveis comerciais, utensílios de cozinha, são prova de seus amplos talentos e da sua curiosidade intelectual.

Envolvido no que ele chama de "profissão primariamente de macho", que é o desenho industrial, ele também é um defensor das mulheres. "Mais da metade de todos os funcionários de escritório são mulheres e eu tento projetar produtos que ofereçam o mesmo conforto e controle que os homens gostam."

Tom continua a concentrar grande parte de sua energia em duas "paixões": o estudo das questões emergentes de escritórios e a implementação de conceitos de design "ecológico". Ele também se dedica à concepção de produtos e utilização de tecnologias de fabricação que priorizam a preservação do meio ambiente. "Sou apaixonado pela questão há 25 anos e preservarei esse amor", ele afirma. Esse é um dos motivos pelos quais eu gosto de trabalhar com a Herman Miller."