São Paulo 11 3056-1800
Rio de Janeiro 21 2267-9795
Brasília 61 3327-1404

Soluções acústicas para tempos modernos

 

Soundwave Flo

Quando o assunto é ruído no ambiente de trabalho, a maioria dos artigos aborda a perspectiva industrial, das empresas que operam grandes maquinários.

Contudo, nos últimos anos, as configurações dos escritórios e dos espaços corporativos têm mudado bastante. Muitas organizações têm optado por espaços abertos, diminuindo as barreiras entre departamentos e fomentando a conectividade entre os funcionários.

Soundwave® Pix

Com essa alteração, inevitavelmente aqueles sons indesejados e irritantes, que atrapalham a concentração e consequentemente a produtividade, têm sido cada vez mais presentes nas empresas, o que coloca um novo problema para os gestores.

Se por um lado as novas configurações de espaços aumentam a conectividade entre os funcionários, potencializando o trabalho em equipe, o brainstorm e a criação conjunta, por outro a amplitude dos ambientes abertos faz com que o som se propague (por não encontrar barreiras que o absorvam) muito mais que o desejado.

Soundwave Wicker

Os prejuízos trazidos por esses barulhos vão muito além da perda de audição – caso mais extremo. Eles podem provocar dores de cabeça (cefaleias), sensação de ouvido cheio, fadiga, tontura, alteração da pressão arterial, stress e problemas endocrinológicos, psicológicos e neurológicos. Sim! Você pode engordar pelo ouvido: o stress gerado pelo barulho provoca um aumento de secreção de hormônios da suprarrenal, que leva a uma maior produção de gordura.

Soundwave Wall

O desconforto gerado pelos ruídos – e seus possíveis danos – tem consequência direta na performance dos colaboradores.

Funcionários estressados e desconcentrados não conseguem desempenhar todo seu potencial, por isso as empresas devem garantir a saúde auditiva da sua equipe a fim de evitar maiores danos.

Como resolver essa questão?

É preciso escolher entre um espaço aberto, que acompanha as tendências das novas formas de trabalho, ou um ambiente fechado, tendo em vista o bloqueio da propagação do som? De modo algum! A Atec foi em busca das melhores soluções acústicas do mercado, para que as organizações consigam juntar o útil ao agradável. Oferecemos os melhores produtos para que a sua empresa minimize a reflexão das ondas sonoras, a fim de garantir ambientes abertos, conectados e confortáveis para todos.

Soundwave Swell

 


Lar, doce escritório: o conforto no ambiente de trabalho

Qual a definição de conforto para você? Alguns preferem defini-lo com metáforas: “é como uma pequena brisa que surge em um calor de 40 graus” ou “é como estar deitado na cama, em um dia de chuva, sem precisar sair de casa”. A busca por uma definição da palavra “conforto” é antiga e pode ser observada sob vários pontos de vista.

Nos espaços de trabalho, por exemplo, o conforto pode estar relacionado à acústica, a positividade e ao clima agradável na interação com os colegas. Mas questões ligadas à organização e produtividade dos funcionários, geralmente são esquecidas. O conforto do trabalhador está diretamente ligado à sua eficiência operacional, ao seu bem-estar e, claro, à sua saúde. Talvez seja hora de trazer o foco também para o aspecto holístico.

Public Office Landscape

Public Office Landscape

A definição subjetiva do conforto

Antes mesmo que os executivos e gerentes de negócios despertassem para a real importância do conforto no trabalho, os enfermeiros já trabalhavam para proporcioná-lo aos seus pacientes e para encontrar uma definição mais precisa nessa disciplina. Em 1859 é possível encontrar anotações onde a enfermeira Florence Nigthtingale reconhece que os pacientes que se sentiam confortáveis melhoravam mais rapidamente, lidavam melhor com a situação da doença e reabilitavam-se de maneira mais completa.

O conforto, no entanto, é subjetivo. Ele não pode ser prescrito como um comprimido. Também não é conforto de verdade se o paciente (ou, no nosso caso, o trabalhador) não se sente confortável. Além disso, ele é dinâmico e mutável. Você pode estar confortável agora, mas se a temperatura cai dez graus, o desconforto virá. Trata-se de um conceito filtrado através de uma percepção pessoal, baseada na personalidade e experiência do indivíduo.

Por outro lado, se estou sentindo calor no meu ambiente de trabalho, pode ser que o ar esteja quebrado ou que a janela não seja grande o suficiente para fazer ventilar, ou que a cadeira em que eu me sento seja acolchoada demais e me faça suar. E se isso é recorrente, eu posso produzir menos, ou passar a reconsiderar a mudança de emprego para um ambiente mais ventilado, confortável e acolhedor.

Aeron_Chair

Aeron Chair

O que dizem as pesquisas

Uma pesquisa interna realizada pela Herman Miller analisou 500 trabalhadores de escritório e mostrou que o atributo “trabalhar em um local confortável” foi um dos mais valorizados. Estudos anteriores mostraram que os trabalhadores consideram o ambiente de trabalho como “muito importante” para determinar a satisfação com a empesa. De acordo com a Dra. Jacqueline Vischer, professora do departamento de Design Ambiental da Université de Montéal, as características do ambiente de trabalho (como muito quente, muito frio, muito barulhento, muito silencioso, muita luz) ou qualquer fator externo que possa restringir a capacidade operacional dos funcionários restringem também a satisfação deles com a empresa.

Para os empresários, esses estudos e conclusões deixam uma mensagem bem clara: é necessário prestar atenção aos espaços de trabalho e compreender de que forma eles poderiam contribuir para a valorização e retenção da equipe.

Para os que se preocupam com os custos de tais adaptações, um fato: a criação de um ambiente de trabalho confortável faz com que o investimento seja recuperado em um curto espaço de tempo, graças ao aumento natural da produtividade da equipe, que está fortemente ligada à satisfação e qualidade de vida.

Ferramentas certas

Para uma equipe criativa, a área de trabalho pode ser móvel e flexível. Já um grupo de pesquisadores ou desenvolvedores requer um espaço privativo, onde possam manter o foco. Para uma equipe colaborativa, diferentes espaços de reuniões, devidamente equipados, são os mais adequados.

24

Mirra Chair 2

A ideia de que “é preciso usar ferramentas certas para o trabalho indicado” pode até parecer lógica, mas não deve ser negligenciada. Designers e arquitetos são profissionais preparados para planejar bem os espaços da sua empresa e encontrar, de maneira personalizada, a melhor solução em móveis, iluminação, pisos, ventilação e o que mais for necessário. Pense nessa mudança como investimento que trará resultados a curto, médio e longo prazo. Afinal, sua equipe trabalhando bem, produz bem. E o que você quer não é exatamente a produtividade?

Aqui, na Atec, temos profissionais preparados para atender às necessidades da sua empresa (seja ela pequena ou grande) sugerindo os melhores móveis e equipamentos, de acordo com as atividades desenvolvidas pela sua equipe de trabalho. Entre em contato.


Móveis que ajudam a cuidar da saúde

A decoração de clínicas e hospitais são planejadas para reabilitar a saúde das pessoas e, por isso, devem ser totalmente adaptados para oferecer o máximo em conforto, ergonomia e eficiência. O desafio que o setor da saúde enfrenta não é simples: as metodologias e formas de tratamento estão em constante evolução. Mas nem sempre o espaço acompanha toda essa mudança. Não estamos falando só dos acessórios e espaços dedicados aos médicos, mas também dos móveis e acessórios utilizados por pacientes, funcionários e acompanhantes.

EN_CEN_R_20090527_008_L

Pensando dessa forma, e em cada detalhe, a Herman Miller tem trabalhado sistematicamente para promover pesquisas e estudos para desenvolver produtos específicos para este segmento. São móveis e acessórios perfeitos para garantir o bem estar, a mobilidade e a segurança de pacientes e profissionais, enquanto eles cuidam do bem mais precioso que existe: a vida.

Entre esses produtos estão: os carrinhos móveis que otimizam o tráfego dentro dos hospitais e atendem às exigências das áreas que precisam de cuidados especiais; os móveis modulares adaptáveis – perfeitos para ambientes que exigem mudanças frequentes nos procedimentos e processos hospitalares; os centros de imagens confortáveis e saudáveis – que ajudam a melhorar a produtividade e a satisfação e todos os equipamentos que devem ser especialmente projetados para receber limpeza frequente e completa;

EN_CMP_P_20110915_004_L

Os móveis e acessórios da Herman Miller, desenvolvidos para o segmento hospitalar, podem ser reconfigurados de acordo com as exigências de cada estilo e estação de trabalho.

Nas salas de cuidados, os móveis devem oferecer espaço para que os enfermeiros possam se movimentar enquanto cuidam dos pacientes, isso é fundamental. Nas farmácias, prateleiras que ajudem a organizar os medicamentos de modo a facilitar e agilizar os processos, também.

Essas soluções modulares contribuem para a constante melhoria e adaptabilidade tão fundamental para os laboratórios e centros de cuidados. São aplicações que se adaptam aos novos equipamentos e tecnologias e oferecem apoio aos processos especializados, fazendo com que o espaço seja utilizado de forma eficiente.

Além dos produtos Herman Miller, a Fritz Hansen e os armários modulares USM completam a linha oferecida pela Atec para o setor de saúde

EN_ETH_P_20091125_001_L

A Herman Miller possui um site específico para essa área de equipamentos voltados para a área da saúde. E a Atec, como representante oficial da Herman Miller no Brasil, tem uma área específica no site para o setor de saúde e bem estar, e pode fazer com que cada um desses equipamentos seja realidade no dia a dia da sua clínica, hospital ou consultório.

Entre em contato com a nossa equipe e saiba mais.

 


As vantagens de ter uma boa cadeira no trabalho

É verdade que o fato de se trabalhar 8, 10 e até 12 horas por dia, sentado em uma cadeira de escritório, pode ser prejudicial à saúde. Mas trabalhar em pé durante todo esse tempo também traz inúmeros danos ao nosso corpo. O que fazer então diante desse problema?

O gerente de vendas da Herman Miller, Michael Dura, deu sua opinião sobre o dilema apresentado. Ele explicou o que a empresa está fazendo para trazer equilíbrio para o local de trabalho – especificamente o que o futuro de uma empresa de design de móveis pode fazer para ajudar a combater o nosso estilo de vida típico sedentário.

São diversos os estudos que mostram a importância de cadeiras que promovem a boa postura no trabalho. Para se ter uma ideia, graves problemas de fluxo de sangue e tensão da coluna vertebral podem ocorrer com apenas 20 minutos sentado em uma postura inadequada. A Herman Miller já publicou em seu site um texto com os benefícios de se movimentar durante o trabalho, dando dicas e incentivando as pessoas a levantarem de suas cadeiras repetidas vezes ao dia. Resumidamente, a solução encontrada consiste em um simples, mas poderoso mantra: “Sentar. Ficar de pé. Mover. Repetir”.

Além disso, a empresa criou em algumas de suas cadeiras a tecnologia posture-fit, que inclina o quadril levemente para a frente, estabilizando a base da sua coluna e ajudando a manter a curvatura natural em S do seu perfil. Isso fortalece o corpo e reduz a fadiga.

ergonomia_cadeiras_de_trabalho

Há também outros fatores que mostram os benefícios de se ter boas cadeiras nos locais de trabalho:

Imagem positiva. Móveis baratos e com design pouco atrativo fazem você e sua empresa parecerem menores do que realmente são. Quando alguém chega ao seu escritório para uma entrevista de emprego, ou alguma empresa quer contratar o seu serviço, eles estão atrás de pistas visuais. Como bem diz o ditado, você não terá uma segunda chance para causar uma boa primeira impressão. Então, invista em móveis que ajudam a confirmar a impressão que você quer transmitir.

Conforto gera criatividade. Grandes cadeiras propiciam o conforto que as pessoas necessitam para se concentrar e soltar suas criatividades. Enquanto você estiver confortável, você está livre para usar a imaginação e contribuir para o bom andamento do seu negócio.

Ergonomia promove saúde. Investir em móveis confortáveis e ergonomicamente corretos traz inúmeros benefícios para a saúde. Cadeiras mais baratas podem até trazer alguma economia a curto prazo, mas, depois de um tempo, trarão altos custos em planos de saúde para os trabalhadores, que sofrerão com problemas nas costas, no pescoço e nos ombros.

Barato que sai caro. Quando se compra um produto mais barato e de qualidade inferior, é bem provável que a necessidade de uma troca ou a aquisição de um novo material se dará em pouco tempo de uso. Além dos problemas que a má postura pode acarretar, como dores nas costas que terão que ser tratadas a base de muita fisioterapia, acupuntura, RPG, remédios…


A Atec oferece os melhores produtos para que você tenha ergonomia e qualidade de vida no trabalho. Visite um de nossos showrooms, entre em contato com a nossa equipe ou com um representante e escolha sua cadeira. Seu corpo agradece!


USM – mobiliário que decora e ajuda na reabilitação de pacientes

iwakura_10.jpg.1400x0_q90

O ambiente de um hospital ou clínica de saúde não precisa ser um lugar triste, sem graça e sem cor, como é visto em grande parte das cidades de todo o mundo. Muito pelo contrário. Transformar esses espaços em locais agradáveis, cheios de vida e cores é de fundamental importância para a recuperação dos pacientes.

Foi pensando exatamente nisso que a clínica Iwakura, localizada na cidade de Nagoya, no Japão, resolveu mudar a rotina de seus pacientes e funcionários, agregando conforto e bem-estar ao atendimento de alta qualidade já prestado. Desde 2013, quando foi construído o novo edifício, o ambiente passa por remodelações regulares e expansões, permitindo a inclusão de áreas médicas e novos formatos. O mobiliário USM, instalado em várias áreas do hospital, garantiu uma recepção e acomodação agradável aos internos.

 

iwakura_8.jpg.950x0_q90

Para o idealizador do projeto e chefe do hospital, Sr. Takada, a arquitetura do novo edifício é a reminiscência de um hotel. Como as duas palavras (hotel e hospital) compartilham de uma raiz latina, que significa hospitalidade, por que não transformar também o hospital em um lugar que verdadeiramente ofereça acolhimento? “Quando se vai para um hotel, normalmente a pessoa está cheia de entusiasmo, de euforia. Já quando se vai para um hospital, nota-se muita preocupação, ansiedade. Eu acredito que isso deve mudar”, destacou o Sr. Takada. A ideia de uma recepção amigável é, portanto, um retorno à intenção original do hospital.

iwakura_2.jpg.950x0_q90

O novo edifício Iwakura foi decorado com mobília feita principalmente de madeira e couro, sendo que o design interior ecoa as cores e calor de materiais naturais, como madeira e pedra. Objetivando fazer com que as pessoas se sintam saudáveis novamente, o hospital abriga fortes tons da paleta de cores dos armários USM Haller, para promover a melhora mais rápida dos pacientes. As mesas de vermelho-rubi da recepção principal, por exemplo, criam um ambiente único, ao mesmo tempo servindo como um espaço para o armazenamento de material de escritório. Já para a área de recepção do centro de reabilitação, a cor laranja foi a escolhida.

As várias opções de cores do USM Haller, bem como a funcionalidade do mobiliário, desempenham um papel fundamental na recuperação de pacientes, apoiando de forma otimizada as práticas de trabalho diárias.