São Paulo 11 3056-1800
Rio de Janeiro 21 2267-9795
Brasília 61 3327-1404

Lar, doce escritório: o conforto no ambiente de trabalho

Qual a definição de conforto para você? Alguns preferem defini-lo com metáforas: “é como uma pequena brisa que surge em um calor de 40 graus” ou “é como estar deitado na cama, em um dia de chuva, sem precisar sair de casa”. A busca por uma definição da palavra “conforto” é antiga e pode ser observada sob vários pontos de vista.

Nos espaços de trabalho, por exemplo, o conforto pode estar relacionado à acústica, a positividade e ao clima agradável na interação com os colegas. Mas questões ligadas à organização e produtividade dos funcionários, geralmente são esquecidas. O conforto do trabalhador está diretamente ligado à sua eficiência operacional, ao seu bem-estar e, claro, à sua saúde. Talvez seja hora de trazer o foco também para o aspecto holístico.

Public Office Landscape

Public Office Landscape

A definição subjetiva do conforto

Antes mesmo que os executivos e gerentes de negócios despertassem para a real importância do conforto no trabalho, os enfermeiros já trabalhavam para proporcioná-lo aos seus pacientes e para encontrar uma definição mais precisa nessa disciplina. Em 1859 é possível encontrar anotações onde a enfermeira Florence Nigthtingale reconhece que os pacientes que se sentiam confortáveis melhoravam mais rapidamente, lidavam melhor com a situação da doença e reabilitavam-se de maneira mais completa.

O conforto, no entanto, é subjetivo. Ele não pode ser prescrito como um comprimido. Também não é conforto de verdade se o paciente (ou, no nosso caso, o trabalhador) não se sente confortável. Além disso, ele é dinâmico e mutável. Você pode estar confortável agora, mas se a temperatura cai dez graus, o desconforto virá. Trata-se de um conceito filtrado através de uma percepção pessoal, baseada na personalidade e experiência do indivíduo.

Por outro lado, se estou sentindo calor no meu ambiente de trabalho, pode ser que o ar esteja quebrado ou que a janela não seja grande o suficiente para fazer ventilar, ou que a cadeira em que eu me sento seja acolchoada demais e me faça suar. E se isso é recorrente, eu posso produzir menos, ou passar a reconsiderar a mudança de emprego para um ambiente mais ventilado, confortável e acolhedor.

Aeron_Chair

Aeron Chair

O que dizem as pesquisas

Uma pesquisa interna realizada pela Herman Miller analisou 500 trabalhadores de escritório e mostrou que o atributo “trabalhar em um local confortável” foi um dos mais valorizados. Estudos anteriores mostraram que os trabalhadores consideram o ambiente de trabalho como “muito importante” para determinar a satisfação com a empesa. De acordo com a Dra. Jacqueline Vischer, professora do departamento de Design Ambiental da Université de Montéal, as características do ambiente de trabalho (como muito quente, muito frio, muito barulhento, muito silencioso, muita luz) ou qualquer fator externo que possa restringir a capacidade operacional dos funcionários restringem também a satisfação deles com a empresa.

Para os empresários, esses estudos e conclusões deixam uma mensagem bem clara: é necessário prestar atenção aos espaços de trabalho e compreender de que forma eles poderiam contribuir para a valorização e retenção da equipe.

Para os que se preocupam com os custos de tais adaptações, um fato: a criação de um ambiente de trabalho confortável faz com que o investimento seja recuperado em um curto espaço de tempo, graças ao aumento natural da produtividade da equipe, que está fortemente ligada à satisfação e qualidade de vida.

Ferramentas certas

Para uma equipe criativa, a área de trabalho pode ser móvel e flexível. Já um grupo de pesquisadores ou desenvolvedores requer um espaço privativo, onde possam manter o foco. Para uma equipe colaborativa, diferentes espaços de reuniões, devidamente equipados, são os mais adequados.

24

Mirra Chair 2

A ideia de que “é preciso usar ferramentas certas para o trabalho indicado” pode até parecer lógica, mas não deve ser negligenciada. Designers e arquitetos são profissionais preparados para planejar bem os espaços da sua empresa e encontrar, de maneira personalizada, a melhor solução em móveis, iluminação, pisos, ventilação e o que mais for necessário. Pense nessa mudança como investimento que trará resultados a curto, médio e longo prazo. Afinal, sua equipe trabalhando bem, produz bem. E o que você quer não é exatamente a produtividade?

Aqui, na Atec, temos profissionais preparados para atender às necessidades da sua empresa (seja ela pequena ou grande) sugerindo os melhores móveis e equipamentos, de acordo com as atividades desenvolvidas pela sua equipe de trabalho. Entre em contato.


O que uma boa cadeira pode fazer por você?

LI_AER_P_20130207_042_G

O sucesso de uma cadeira deve ser medido não só pelo seu design, mas pelo bem que ela proporciona às pessoas que a utilizam. É assim com as cadeiras de trabalho da Herman Miller que são projetas para levar conforto, ergonomia e beleza para escritórios e/ou home offices.

Elas oferecem suporte essencial para o corpo, evitando desgastes, dores e até mesmo lesões. A Atec é uma revendedora certificada da Herman Miller porque também acredita que os produtos devem oferecer muito mais que beleza: conforto, apoio e ergonomia. Confira, a seguir, os benefícios que uma boa cadeira de trabalho pode oferecer para o seu dia a dia:

Inclinação e equilíbrio

A tecnologia de reclinagem das cadeiras da Herman Miller foi projetada especificamente para as atividades diárias do trabalho em escritório. Elas estão prontas para suportar os movimentos e atividades do seu dia a dia.

DE_SAY_P_20130206_031_G-2

Suporte dinâmico e arejado

As superfícies das cadeiras utilizam materiais dinâmicos, especialmente projetados para responder aos movimentos, adaptar-se às curvas do corpo e, claro, mantê-lo sempre fresco, respirando, afinal, a pele respira.

20

Tecnologia exclusiva, a Posture Fit

A tecnologia patenteada da Herman Miller PostureFit apoia a base da espinha dorsal e ajuda a mantê-la saudável aumentando o conforto e reduzindo a fadiga. As diversas horas em que você fica sentado, trabalhando, podem ser muito mais confortáveis do que você imagina.

DE_AER_P_20030605_138_P

Confira, agora, alguns depoimentos de usuários que já utilizam uma boa cadeira de trabalho

Mindy Grossman, uma das 50 mulheres mais poderosas do mundo, de acordo com a Revista Forbes, tomou uma decisão assim que se tornou CEO da HSNI: comprar para todos cadeiras Aeron. As cadeiras proporcionaram mudanças significativas e ajudaram a revitalizar a empresa.

Budd A. Tucker, é um PhD em oftalmologia que conduz uma pesquisa meticulosa, sobre a cura da cegueira, na University of Iowa Carver College of Medicine. A cadeira Embody dá todo o apoio necessário neste trabalho:

Alice Gao, fotógrafa renomada com portfólio invejável, ele tem um olhar exclusivo para os detalhes. Com o apoio da cadeira SAYL, ela transforma suas ideias em imagens.

Você também merece sentir todo esse conforto e apoio em seu dia a dia. Visite um de nossos showrooms e descubra qual é a cadeira de trabalho ideal para o seu estilo de vida. Estamos te esperando. =)


As vantagens de ter uma boa cadeira no trabalho

É verdade que o fato de se trabalhar 8, 10 e até 12 horas por dia, sentado em uma cadeira de escritório, pode ser prejudicial à saúde. Mas trabalhar em pé durante todo esse tempo também traz inúmeros danos ao nosso corpo. O que fazer então diante desse problema?

O gerente de vendas da Herman Miller, Michael Dura, deu sua opinião sobre o dilema apresentado. Ele explicou o que a empresa está fazendo para trazer equilíbrio para o local de trabalho – especificamente o que o futuro de uma empresa de design de móveis pode fazer para ajudar a combater o nosso estilo de vida típico sedentário.

São diversos os estudos que mostram a importância de cadeiras que promovem a boa postura no trabalho. Para se ter uma ideia, graves problemas de fluxo de sangue e tensão da coluna vertebral podem ocorrer com apenas 20 minutos sentado em uma postura inadequada. A Herman Miller já publicou em seu site um texto com os benefícios de se movimentar durante o trabalho, dando dicas e incentivando as pessoas a levantarem de suas cadeiras repetidas vezes ao dia. Resumidamente, a solução encontrada consiste em um simples, mas poderoso mantra: “Sentar. Ficar de pé. Mover. Repetir”.

Além disso, a empresa criou em algumas de suas cadeiras a tecnologia posture-fit, que inclina o quadril levemente para a frente, estabilizando a base da sua coluna e ajudando a manter a curvatura natural em S do seu perfil. Isso fortalece o corpo e reduz a fadiga.

ergonomia_cadeiras_de_trabalho

Há também outros fatores que mostram os benefícios de se ter boas cadeiras nos locais de trabalho:

Imagem positiva. Móveis baratos e com design pouco atrativo fazem você e sua empresa parecerem menores do que realmente são. Quando alguém chega ao seu escritório para uma entrevista de emprego, ou alguma empresa quer contratar o seu serviço, eles estão atrás de pistas visuais. Como bem diz o ditado, você não terá uma segunda chance para causar uma boa primeira impressão. Então, invista em móveis que ajudam a confirmar a impressão que você quer transmitir.

Conforto gera criatividade. Grandes cadeiras propiciam o conforto que as pessoas necessitam para se concentrar e soltar suas criatividades. Enquanto você estiver confortável, você está livre para usar a imaginação e contribuir para o bom andamento do seu negócio.

Ergonomia promove saúde. Investir em móveis confortáveis e ergonomicamente corretos traz inúmeros benefícios para a saúde. Cadeiras mais baratas podem até trazer alguma economia a curto prazo, mas, depois de um tempo, trarão altos custos em planos de saúde para os trabalhadores, que sofrerão com problemas nas costas, no pescoço e nos ombros.

Barato que sai caro. Quando se compra um produto mais barato e de qualidade inferior, é bem provável que a necessidade de uma troca ou a aquisição de um novo material se dará em pouco tempo de uso. Além dos problemas que a má postura pode acarretar, como dores nas costas que terão que ser tratadas a base de muita fisioterapia, acupuntura, RPG, remédios…


A Atec oferece os melhores produtos para que você tenha ergonomia e qualidade de vida no trabalho. Visite um de nossos showrooms, entre em contato com a nossa equipe ou com um representante e escolha sua cadeira. Seu corpo agradece!


Ergonomia e conforto: conheça a história da primeira cadeira ergonômica de trabalho do mundo

Quem hoje conhece e aprecia as confortáveis cadeiras  Aeron, Mirra, Embody e SAYL, da Herman Miller, talvez nem imagina como tudo começou. A apresentação da primeira cadeira ergonômica de trabalho do mundo, a Ergon, ocorreu há quatro décadas, no ano de 1976. No entanto, Bill Stumpf – designer e um dos principais responsáveis pela criação – precisou antes fazer pesquisas e entender alguns conceitos para, então, projetar a cadeira que mudaria para sempre o mundo desses móveis de escritório.

why_creatures_of_comfort_3

Bill Stumpf nasceu nos Estados Unidos em 1º de março de 1936. Se estivesse vivo, teria completado neste mês 80 anos. Sua relação com a Herman Miller Research Corporation aconteceu no início de 1970. Na época, a maioria dos trabalhadores de escritório utilizava cadeiras primitivas e desconfortáveis. Era necessário pensar em algo novo, que promovesse o bem-estar das pessoas e as deixasse confortavelmente aptas para o trabalho, valorizando também a saúde desses trabalhadores.

why_creatures_of_comfort_1

Foram aproximadamente 10 anos de estudos até o lançamento da Ergon. Tendo como foco o significado de ‘conforto’, Stumpf concluiu que a forma humana não possuía linhas retas, mas sim biomórficas (baseada em curvas, em continuidades). A partir desse conceito, as cadeiras seriam projetadas como uma metáfora da forma humana no visual, bem como a sensação tátil.

Uma vez definida a ideia e o significado de conforto, Bill Stumpf continuou seus estudos com uma vasta pesquisa sobre ergonomia. Para isso, realizou trabalhos com especialistas em medicina ortopédica e cardiovascular. Era preciso compreender os efeitos das cadeiras e da postura no sistema circulatório, nos músculos e nos ossos.

2

3

4

A criação da Ergon foi o ponto de partida para aprimoramentos e evoluções desses móveis de escritório. Todo o estudo que foi feito para se chegar até a Ergon – incluindo uma abordagem rigorosa e técnica, baseada em pesquisas para design de produto – se tornou prática comum ao longo dos anos. Os critérios de conforto de Stumpf influenciaram e ainda influenciam os projetos das cadeiras Herman Miller, principalmente a Aeron, considerada a mais bem-sucedida de todos os tempos.


Por que os empresários precisam investir em ergonomia?

ergonomia_trabalho_importancia

Escritório ergonômico com móveis e acessórios da Herman Miller

Não é novidade e várias pesquisas confirmam que a má postura no trabalho é responsável por problemas que vão desde o comprometimento da circulação sanguínea até a lesão da coluna vertebral. Ainda assim, a maioria das empresas continua investindo em cadeiras sem ergonomia e de baixo custo, ignorando o fato de que, além de interferir na produtividade, essas cadeiras interferem na boa saúde de seus funcionários. Confira, a seguir, bons motivos para você, empresário, se preocupar com a qualidade das cadeiras que você e sua equipe trabalham:

 

Primeiras impressões continuam valendo muito

Dificilmente haverá uma segunda chance para causar uma boa impressão. Uma pessoa que chega a seu escritório para uma entrevista de emprego, por exemplo, busca por “pistas visuais” para criar uma impressão sobre sua empresa. Móveis baratos e simples mostrarão que sua empresa é menos do que ela realmente é. Os móveis são sim, parte da vitrine da sua organização. Se você deseja transmitir a mensagem certa, observe esses detalhes.

Aeron_Chair_Herman_Miller

Aeron Chair, uma das cadeiras mais cobiçadas do mundo. Pela beleza e pela ergonomia e conforto que oferece.

 

Conforto estimula a criatividade

A criatividade flui melhor quando você se sente confortável. Uma pessoa desconfortável e incomodada com sua postura ou com possíveis dores que a falta de ergonomia produz, certamente passará grande parte do seu tempo – aquele, que você paga – procurando uma solução melhor, ou tomando um cafezinho, indo ao banheiro, levantando para conversar, pois a postura incorreta incomoda e causa dores. Cadeiras ergonômicas, como a Aeron Chair e a Mirra 2, que são produzidas pela Herman Miller, são projetadas para trazer conforto e apoio ergonômico durante todo o período de trabalho.

 

Ergonomia promove a saúde

Se você economiza na compra de móveis mais baratos, saiba que essa economia será desperdiçada quando as dores nas costas, no pescoço e nos ombros começarem a aparecer. No fim das contas, os gastos e prejuízos com a saúde farão a conta ficar muito mais alta. A economia só funciona de verdade quando é inteligente e pondera os resultados a curto, médio e longo prazo.

ergonomia_trabalho

Comprar cadeiras de qualidade evita prejuízos futuros

 

O barato pode sair muito mais caro

 

Quando você opta por um material mais barato, você está concordando em substituir aquele material quantas vezes for preciso. Além disso, você aceita, mesmo que inconscientemente, que aquele produto tem baixa qualidade, baixa durabilidade e um design inferior. A longo prazo, o que parecia uma pechincha pode sair bem mais caro que o valor que você pretendia economizar, lá no início.

 

Lembre-se que grande parte do seu dia você passa sentado. Por que investir em boas ferramentas de trabalho – computador, smartphones e tablets – geralmente é mais importante do que investir na própria saúde? Pense nisso.