Qual a definição de conforto para você? Alguns preferem defini-lo com metáforas: “é como uma pequena brisa que surge em um calor de 40 graus” ou “é como estar deitado na cama, em um dia de chuva, sem precisar sair de casa”. A busca por uma definição da palavra “conforto” é antiga e pode ser observada sob vários pontos de vista.

Nos espaços de trabalho, por exemplo, o conforto pode estar relacionado à acústica, a positividade e ao clima agradável na interação com os colegas. Mas questões ligadas à organização e produtividade dos funcionários, geralmente são esquecidas. O conforto do trabalhador está diretamente ligado à sua eficiência operacional, ao seu bem-estar e, claro, à sua saúde. Talvez seja hora de trazer o foco também para o aspecto holístico.

Public Office Landscape

Public Office Landscape

A definição subjetiva do conforto

Antes mesmo que os executivos e gerentes de negócios despertassem para a real importância do conforto no trabalho, os enfermeiros já trabalhavam para proporcioná-lo aos seus pacientes e para encontrar uma definição mais precisa nessa disciplina. Em 1859 é possível encontrar anotações onde a enfermeira Florence Nigthtingale reconhece que os pacientes que se sentiam confortáveis melhoravam mais rapidamente, lidavam melhor com a situação da doença e reabilitavam-se de maneira mais completa.

O conforto, no entanto, é subjetivo. Ele não pode ser prescrito como um comprimido. Também não é conforto de verdade se o paciente (ou, no nosso caso, o trabalhador) não se sente confortável. Além disso, ele é dinâmico e mutável. Você pode estar confortável agora, mas se a temperatura cai dez graus, o desconforto virá. Trata-se de um conceito filtrado através de uma percepção pessoal, baseada na personalidade e experiência do indivíduo.

Por outro lado, se estou sentindo calor no meu ambiente de trabalho, pode ser que o ar esteja quebrado ou que a janela não seja grande o suficiente para fazer ventilar, ou que a cadeira em que eu me sento seja acolchoada demais e me faça suar. E se isso é recorrente, eu posso produzir menos, ou passar a reconsiderar a mudança de emprego para um ambiente mais ventilado, confortável e acolhedor.

Aeron_Chair

Aeron Chair

O que dizem as pesquisas

Uma pesquisa interna realizada pela Herman Miller analisou 500 trabalhadores de escritório e mostrou que o atributo “trabalhar em um local confortável” foi um dos mais valorizados. Estudos anteriores mostraram que os trabalhadores consideram o ambiente de trabalho como “muito importante” para determinar a satisfação com a empesa. De acordo com a Dra. Jacqueline Vischer, professora do departamento de Design Ambiental da Université de Montéal, as características do ambiente de trabalho (como muito quente, muito frio, muito barulhento, muito silencioso, muita luz) ou qualquer fator externo que possa restringir a capacidade operacional dos funcionários restringem também a satisfação deles com a empresa.

Para os empresários, esses estudos e conclusões deixam uma mensagem bem clara: é necessário prestar atenção aos espaços de trabalho e compreender de que forma eles poderiam contribuir para a valorização e retenção da equipe.

Para os que se preocupam com os custos de tais adaptações, um fato: a criação de um ambiente de trabalho confortável faz com que o investimento seja recuperado em um curto espaço de tempo, graças ao aumento natural da produtividade da equipe, que está fortemente ligada à satisfação e qualidade de vida.

Ferramentas certas

Para uma equipe criativa, a área de trabalho pode ser móvel e flexível. Já um grupo de pesquisadores ou desenvolvedores requer um espaço privativo, onde possam manter o foco. Para uma equipe colaborativa, diferentes espaços de reuniões, devidamente equipados, são os mais adequados.

24

Mirra Chair 2

A ideia de que “é preciso usar ferramentas certas para o trabalho indicado” pode até parecer lógica, mas não deve ser negligenciada. Designers e arquitetos são profissionais preparados para planejar bem os espaços da sua empresa e encontrar, de maneira personalizada, a melhor solução em móveis, iluminação, pisos, ventilação e o que mais for necessário. Pense nessa mudança como investimento que trará resultados a curto, médio e longo prazo. Afinal, sua equipe trabalhando bem, produz bem. E o que você quer não é exatamente a produtividade?

Aqui, na Atec, temos profissionais preparados para atender às necessidades da sua empresa (seja ela pequena ou grande) sugerindo os melhores móveis e equipamentos, de acordo com as atividades desenvolvidas pela sua equipe de trabalho. Entre em contato.