Plural e perfeito

Com mais de 250 projetos em seu currículo, o arquiteto brasileiro Isay Weinfeld continua provando que seu talento não tem precedentes.

No ano passado Weinfeld foi convidado a ser colaborador da norte-americana Geiger, para construção de uma peça que traz um conceito muito usual para os dias atuais: qual o tamanho ideal de um móvel, para que ele guarde todos os itens do meu escritório?

E foi pensando nessa problemática que nasceu o DOMINO STORAGE. Um conjunto de armários retangulares, formados por módulos inteligentes, que podem ser acrescentados ou retirados de acordo com a necessidade e espaço disponível.

original

Domino Storage, projeto de Isay Weinfeld para a Geiger

Do restaurante Fasano ao McDonald’s: desde 1973, quando fundou sua empresa, até os dias atuais, Weinfeld continua firme em seu estilo de trabalho que consiste, basicamente, em “nunca repetir o mesmo estilo”.

Ele nasceu em 1952 e cresceu em São Paulo. Desde pequeno, Isay era exposto a trabalhos visuais e daí começou sua forte inclinação para a criatividade. Seu pai trabalhava na indústria têxtil e sua mãe na loja de presentes, que era propriedade da família.

Na arquitetura, Weinfeld percebeu que a profissão era capaz de unir uma grande carreira às suas expressões artísticas. O arquiteto formou-se em 1975, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, e seu primeiro trabalho foi no apartamento do tio: “Eu fiz tudo errado lá. Projetei o apartamento como eu queria e não como o meu tio desejava. Essa foi, provavelmente, a lição mais importante que aprendi durante toda minha vida profissional”, afirma.

Essa experiência foi fundamental para transformar Isay Weinfeld no que ele é hoje: um profissional que passa longas horas conversando com seus clientes para entender o que eles querem, precisam e sonham.

1390414836971

O restaurante Las Piedras faz parte de um complexo de hospedagens, em Punta del Este, Uruguai. O projeto foi elaborado em parceria com Rogério Fasano, o herdeiro por trás da rede de hotéis de luxo e restaurantes que mantém parceria de longa data com o arquiteto

O trabalho de Isay dá ênfase ao interior e exterior do ambiente. Sua capacidade de adaptação e nivelamento, de acordo com as peculiaridades de seus clientes, cria projetos plurais e altamente capazes de refletir a voz da marca, nos pequenos detalhes.

Até mesmo nos trabalhos executados para algumas residências particulares ele expressa esse cuidado. São casas que denotam um ambiente íntimo, arejado com linhas geométricas suaves, formadas por materiais como pedra, madeira e vidro.

Seu projeto para uma casa em Piracicaba, por exemplo, possui três pisos perpendiculares que se adequam ao jardim, tornando-o acessível a partir de qualquer um dos pisos.

1390327291446

A cerca de 250 km de São Paulo a Casa de Piracicaba serve como ponto de encontro para vários membros de uma mesma família que vivem em diferentes cidades espalhadas pelo país

A Casa Grécia, localizada em uma área residencial de São Paulo, foi concebida para levar descanso e entretenimento aos seus moradores. Possui sala de cinema, sala de recreação e sauna – tudo em perfeita harmonia com a natureza ao redor. A iluminação natural da casa é mais um feito de grande sucesso. Os materiais utilizados intercalam placas de concreto, concreto exposto e madeira. Suas grandes galerias de circulação e jardins internos dão um tom ‘artístico’ ao ambiente. “Eu não descreveria o meu trabalho como teatral, mas certamente sou influenciado pelo teatro, assim como sou por muitas outras artes”, afirma o arquiteto.

casa_grecia_isay_weinfeld-16-753x537

Casa Grécia, em São Paulo

Isay também já dirigiu 14 curtas-metragens de sua autoria e o longa-metragem “Fogo e Paixão”, que lhe deu, em 1988, o prêmio de “Melhor Novo Diretor”, concedido pela Associação Paulista de Críticos de Arte. Sua capacidade de olhar para além da arquitetura e de encontrar inspiração na música, na comida, na literatura, nas antiguidades e no teatro é o que proporciona ao trabalho de Weinfeld um ar jovial e sagaz.

3

Cenas do longa-metragem “Fogo e Paixão” que lhe deu, em 1988, o prêmio de “Melhor Novo Diretor”, concedido pela Associação Paulista de Críticos de Arte

Nas últimas quatro décadas, Isay Weinfeld já recebeu mais de 100 prêmios e sua boa reputação adquire um alcance cada vez maior.

Seu trabalho intitulado “De A a Z” participou de uma recente exposição no Espasso Gallery, em Nova York. A obra conta com dois objetos feitos especialmente para a ocasião: um berço e um caixão. Segundo o arquiteto, a ideia expressa sua vontade de criar desde o início até o fim da vida.

1390408297607

Caixão, do projeto “de A a Z”

“Eu sempre vou encontrar algo que eu gosto ou me identificar com o projeto, seja qual for seu estilo de arte ou movimento. Vejo a arquitetura como um todo, como se eu fosse seu diretor de arte”, afirma.

1390338882777

Isay Weinfeld


OFF | CUT. Arte de sobras.

OFF CUT Londres

OFF | CUT é uma estrutura experimental, leve, feita de sobras de madeira e couro da linha de produção da Fritz Hansen. Materiais que não teriam mais utilização, transformados em obras de arte pelas mãos dos arquitetos da Chung Tyson, com apoio do fundo de pesquisas da Escola Bartlett de Arquitetura, da Inglaterra.

Combinando técnicas digitais e de artesanato, a instalação explora a inventiva reutilização de resíduos de material do processo de produção de móveis na fábrica da Fritz Hansen, em Copenhagen.

OFF CUT Londres 2

As peças do OFF | CUT serão pré-fabricadas nas oficinas da Bartlett e montadas no showroom da Fritz Hansen durante a London Design Festival 2013. Se estiver em Londres, não perca!

Mais informações: http://www.londondesignfestival.com/events/cut

Showroom Fritz Hansen

Showroom Fritz Hansen em Londres

 


Showroom da Atec recebe as mesas e cadeiras minuscule™

minuscule

Assim mesmo. Com “m” minúsculo. Por que dizer em maiúsculas se você pode se comunicar de maneira simples e elegante? minuscule traduz o estilo informal e discreto pelo qual os dinamarqueses são famosos.

minuscule é um projeto descomplicado e ao mesmo tempo muito bem elaborado, que foi iniciado por uma série de experimentos e conversas criativas entre Cecilie Manz e a Fritz Hansen. Os estudos preliminares envolveram apenas materiais e não houve restrições à criatividade. “Para mim, o projeto começa sempre com o material. Preciso ter todos os materiais na minha mão antes, para que eu consiga sentir se é algo que eu possa trabalhar”, diz Cecilie.

minuscule-post-blog-02

 

 

 

minuscule combina a tradição da Fritz Hansen em mesclar artesanato com a produção industrial. A concha do assento é estofada e costurada à mão em um leve e resistente tecido, com acabamento das bordas em couro.

 

O assento é apoiado sobre uma base moldada em plástico, um material contemporâneo, que cria um contraste com o tecido e o couro usados no assento. As linhas retas sobre a estrutura de base são suavizadas, como as curvas de pedras lavadas pela água do mar. Uma fonte de inspiração para os detalhes do projeto da minuscule.

O tecido da parte externa do assento está disponível em dois tons de cinza – uma cor que fascina Cecilie porque é a única capaz de absorver todas as outras cores. A parte interna do assento é estofada em uma variedade de cores que vão desde o laranja e o ocre, até o azul escuro.

minuscule-post-blog-03

 

lounge table apresenta a mesma base que a cadeira (em plástico cinza) com um tampo em madeira ou laminado branco. A linha minuscule, composta pela mesa e pela cadeira, tem desenho simples e leve, sendo adaptável a diferentes ambientes, seja um saguão de aeroporto, lounges, sala de reunião ou sala de estar.

minuscule é uma extensão da coleção de ícones atemporais do design da Fritz Hansen. Um design formal para situações informais.

Ganhadora do prêmio de melhor cadeira de 2012 na International Contemporary Furniture Fair (ICFF), a linha minuscule foi inspirada nas clássicas linhas curvilíneas de Arne Jacobsen, e já faz parte do showroom da Atec.


Flip 2013 com Graciliano e Aerons

Flip 2013

Reprodução

A Festa Literária Internacional de Paraty deste ano homenageia o escritor Graciliano Ramos.

A edição deste ano vai discutir, além da literatura, a política, tema recorrente nas obras do homenageado de 2013, que inclusive foi prefeito de Palmeira dos Índios (AL) entre 1928 e 1930.

Mais uma vez, a festa será recheada de estrelas que terão o prazer de discutirem e palestrarem confortavelmente acomodados em  Aeron Chairs, cedidas pela Atec ao evento.

E a política está realmente sendo um dos temas principais desta Flip. Assista ao vídeo em que Gilberto Gil compara as manifestações das últimas semanas as festas raves e ao carnaval.

image

Você pode acompanhar a transmissão completa da Flip 2013 por aqui. Aproveite!