Escalação Atec – clássicos que fazem a torcida amante do design vibrar de emoção

Copa do Mundo enche a vida de alegria. E a Atec aproveitou a ocasião para separar uma seleção de clássicos que vão encher os olhos de quem ama design. Confira aqui, no blog, no Facebook e também no Instagram a apresentação de produtos que vão fazer você sentir vontade de montar sua própria escalação aí, em sua casa ou escritório.

Começamos com um clássico dos clássicos, a Eames Lounge Chair and Ottoman

EN_ELO_P_20110810_007_P

 

O casal Eames não estava de brincadeira quando resolveu escalar a Eames Lounge Chair and Ottoman no time da Herman Miller.  Uma das mais expressivas e colecionáveis poltronas do século 20, a Eames Lounge Chair, inspirada em uma luva de beisebol, se destaca pela combinação de madeira compensada e couro maleável. Ela combina com qualquer espaço e decoração e oferece muito conforto e descanso para quem a utiliza. Adquirir uma Eames Lounge Chair é, sem dúvida, marcar um gol de placa.

Saiba mais sobre ela.

No próximo post você vai conhecer mais sobre a Egg que é, sem dúvida, umas das grandes revelações do time da dinamarquesa Fritz Hansen.

Conheça a nossa seleção completa em http://atec.com.br/selecao-atec

 


Cadeira Aeron Herman Miller: não dá para copiar.

A cadeira Aeron é mais que uma cadeira, é a extensão do corpo humano.

cadeira aeron herman miller

Bill Stumpf, um dos designers responsáveis pela Aeron Chair, disse em um vídeo que a poltrona foi desenvolvida a partir dos seus desejos e gostos pessoais. Ele queria sentar-se sobre curvas confortáveis, com um design atrativo e convidativo, como se a cadeira dissesse: “toque-me, chegue perto de mim”.

A iniciativa não foi em vão. A poltrona Aeron – sua criação em conjunto com Don Chadwick – foi escolhida como o “Design da Década” e é considerada pelos executivos do mundo inteiro como a melhor cadeira para se trabalhar. Quer saber por quê? Acompanhe:

Sistema PostureFit

Quando Bill Stumpf, Don Chadwick e uma grande equipe de pesquisadores trabalhavam no projeto da Aeron Chair perceberam que os trabalhadores costumavam ficar sentados, na maior parte do tempo, com o corpo inclinado para frente. Essa má postura era (e ainda é) responsável por causar dores lombares, cansaço excessivo, dores de cabeça e até complicações vertebrais.

Os designers, juntamente com a equipe de desenvolvimento da cadeira Aeron, procuraram o Dr. Brock Walker – um especialista em biomecânica e ergonomia que já trabalhou em projetos para melhoria em assentos de aviões a jato e carros de corrida – para auxiliá-los nesse aspecto.

A sincronia entre o trabalho do Dr. Walker e da equipe deu origem ao  PostureFit – um sistema que lembra a silhueta de uma borboleta e corrige a postura, dando sustentação para a base da coluna vertebral. Quando o usuário se movimenta, o sistema acompanha a silhueta do corpo e proporciona sensação de conforto e encaixe perfeito. 

Revestimento Pellicle

O tecido Pellicle da, Aeron Chair, torna seu design atraente e leve, mas não é só por isso que ele foi escolhido para revestir a cadeira. Nas cadeiras comuns, cobertas por tecidos e espumas tradicionais, a temperatura do corpo pode aumentar até 6,7 graus centígrados em apenas 30 minutos de uso. Com a cadeira Aeron, isso não acontece porque o ar flui, através do Pellicle, para evitar o acúmulo de calor e permitir que a umidade se dissipe.

O revestimento também garante resposta aos movimentos do corpo, minimizando os pontos de pressão e distribuindo adequadamente o peso do usuário, mesmo quando o trabalho é realizado durante horas a fio.

Através deste suporte personalizado, o usuário pode se apoiar tranquilamente sobre o encosto da cadeira porque a película acompanhará e sustentará os contornos do corpo de maneira confortável. Quando o usuário retorna a posição inicial, o tecido também retorna, permanecendo intacto.

Sistema de inclinação Kinemat

O corpo foi feito para ser livre e se movimentar de maneira espontânea, limitado apenas pela gravidade. Uma boa cadeira de trabalho respeita esses movimentos e oferece o apoio necessário para que o usuário se sinta confortável.

Alguns estudos da Herman Miller comprovaram que uma pessoa que trabalha sentada assume, pelo menos, três variedades de postura, mesmo quando executa apenas uma tarefa. São elas:

·De frente: mais comum em atividades desenvolvidas em superfícies planas, como mesas, para interação com equipamentos;

·Ligeiramente reclinada: para falar ao telefone, conversar, usar o mouse, entre outras atividades;

· Muito reclinado: para descansar, ler e, algumas vezes, teclar.

O design da Aeron Chair ignorou o formato atual dos modelos de cadeiras, que sugerem formas geométricas sem levar em conta as curvas do corpo humano. Seu Sistema Kinemat, atua da seguinte forma:

Na posição vertical cria-se um ‘bolso’ para segurar a pelve, em uma ligeira inclinação para frente.

Ao reclinar a cadeira, os pés permanecem apoiados e o quadril e a pélvis continuam recebendo a sustentação necessária para todos os tipos de movimentos;

Quanto mais reclinado o usuário estiver, mais a placa do assento cairá, para manter a sincronização do encosto e do bolso pélvico, impedindo a tensão lombar;

Dessa forma, o sistema Kinemat da cadeira Aeron permite que o usuário faça movimentos naturais, sem limitações, de maneira ergonômica e confortável.

Sustentabilidade

A poltrona Aeron tem garantia de 12 anos e, como todos os produtos desenvolvidos pela Herman Miller, foi desenvolvida com base em princípios sustentáveis. Fabricada com materiais de baixo impacto ambiental, a cadeira Aeron é 94% reciclável. Dos materiais utilizados em sua confecção, 66% são reciclados.

Ela também possui a certificação Cradle-to-Cradle e contribui para obtenção de créditos LEED, inserindo-se no conceito de Green Building e arquitetura corporativa sustentável. 

Agora, que você compreendeu um pouco mais sobre um dos produtos que representamos, assista ao vídeo abaixo para acompanhar o processo de produção – não só da poltrona Aeron, mas de várias cadeiras da Herman Miller – e se apaixone ainda mais pelo que há de melhor em design no mobiliário corporativo mundial. Depois, passe aqui na Atec para conhecer nosso showroom e testar as cadeiras pessoalmente.


#shellspotting – Comemorando bem seu 64° aniversário

10413100_289842444523406_2038234926_n

Um clássico do design e uma das cadeiras mais queridas do século, a Eames Shell Chair, (também conhecida por Eames Molded Plastic Chair)  está completando 64 anos e continua conquistando espaço em nossa consciência coletiva. A simplicidade e a beleza da Shell faz com que ela seja um objeto cobiçado. São diversas possibilidades para um mesmo projeto.

Em sua concepção, no final do século 40, os Eames queriam produzir uma cadeira totalmente embasada no princípio de adaptabilidade. A intenção era que cada corpo coubesse ali, em qualquer contexto. Deveria ser uma cadeira democrática que ficasse bem em uma sala, um museu, em uma lavanderia ou em uma esquina. Deu certo.

E para comemorar mais um aniversário desse projeto bem sucedido, a Herman Miller está divulgando (e incentivando a divulgação) de fotos com exemplares da cadeira nas mais diversas situações. Procure pela hashtag #shellspotting no Instagram e encante-se! As imagens também podem ser visualizadas nesse post.

For Every Need, In Every Way, For Everyone from Herman Miller on Vimeo.


Herman Miller na Revista Vogue

“Nesses tempos em que se pode trabalhar em qualquer lugar, sem a necessidade da presença física na empresa, o ambiente corporativo clama por transformação.”

O trecho acima foi retirado da matéria “(Novos) Modos de Trabalhar”, da Revista Vogue 346 – junho/2014. Ela foi escrita por Artur de Andrade, que viajou a Zeeland, EUA, para conhecer a Herman Miller.

Artur fala sobre o conceito Living Office Design Solutions, que transforma os espaços de trabalho ambientes aconchegantes, confortáveis e saudáveis. Perfeitos para que as ideias aflorem.

Os settings, como são chamados, oferecem fluidez, agilidade e personalização do trabalho de acordo com o que os usuários precisam em cada etapa dele.

wallpaper-A-2560x1440

São dez ambientes diferentes, criados a partir do talento de uma equipe que tem total autonomia e flexibilidade para exercer seu trabalho. Sempre com o intuito de proporcionar o melhor ao usuário atendendo às suas particularidades, esses ambientes oferecem espaços para se trabalhar em pé, descansar, conversar, refletir, ou compartilhar ideias nos momentos de ápices criativos. Existem também os abrigos solitários, dedicados àqueles que precisam de foco e concentração para trabalhar em um projeto.

A matéria você pode conferir abaixo. E os produtos da Herman Miller você encontra aqui, na Atec.

revista_casavogue_01-06-2014_pags66e67_hermanmiller (1)

 


Do virtual para o real: Dropbox valoriza ergonomia e personalização de espaços

Descubra como a Dropbox projetou o escritório de seus funcionários.

 

Geremia_Design_DropBox_06

Ergonomia é fundamental para manter a saúde e aumentar a qualidade de vida. E a flexibilidade dos espaços de trabalho contribui para a personalização de ambientes que atendam às necessidades das equipes, de acordo com as demandas. Foi-se o tempo em que a formatação de um escritório era imutável, intocável, estática.

Um exemplo da importância dessas características e da mudança de pensamento dos líderes do século XXI pode ser constatado no escritório da Dropbox. Lá, a ergonomia e a adaptabilidade dos ambientes foram fundamentais para compor o espaço de 74.000m², em San Francisco.

No projeto, os arquitetos Seth Boor e Bonnie Bridges e a designer Lauren Geremia trabalharam juntos para construir um espaço estratégico. Geremia se encarregou da escolha dos móveis (e a Aeron Chair, claro, estava na lista). Também cuidou da iluminação das cores. “Tivemos que pensar em um design flexível para atender a empresa mesmo quando ela crescer significativamente”, disse Geremia. Ela está certa, pois a projeção de crescimento da Dropbox até 2015 é de 100% – de 200 funcionários, passarão para 400.

 

DropBox1_2510

São 36 estações de trabalho, além das salas de reuniões, jogos, salas de descanso, quartos, sala de jantar, cozinha, lounge e ginásio. Apesar das subdivisões, a proposta foi manter um espaço aberto onde todos os setores pudessem compartilhar as ideias, trabalhando em conjunto – mesmo que para isso seja preciso utilizar um skate e percorrer os 1.600 metros de comprimento da ‘sala’.

Com beleza e simplicidade, Geremia e Boor evitaram materiais típicos de escritório (como forros acústicos e iluminação fluorescente) e usaram cores e texturas bem originais. As paredes que cercam o núcleo são revestidas de nogueira preta, causando um efeito carbonizado. Algumas áreas específicas são revestidas de cobre. Janelas em todos os quatro lados oferecem luz natural, que pode ser complementada com LEDs reguláveis. Feltros acústicos ajudam a manter o ambiente sereno e agradável.

Essa customização totalmente planejada fez surgir um escritório original e inspirador. Um amplo espaço, totalmente adaptável, elegante e simples. Tudo isso simultaneamente.

Veja mais fotos aqui.

Sobre a Dropbox

Você pode utilizar os serviços da empresa para transferir, guardar e compartilhar os mais diversos arquivos. Tudo fica armazenado com segurança na nuvem e a empresa oferece pacotes gratuitos e pagos. Vale a pena conferir. Acesse o site deles ou leia esse artigo para saber mais.