QUANDO: 15 de maio de 2017
ONDE: Atec Cultural, no showroom da Atec Original Design
ENDEREÇO: Av. Brig. Faria Lima, 1.800 – 10º andar
CAPACIDADE: 60 lugares
INSCRIÇÕES: pelo telefone 11 3056-1800
PREÇO: a entrada é gratuita

Na palestra do dia 15 de Maio de 2017, a conversa deverá girar em torno do ofício do arquiteto na concepção de projetos diversos, como o da Natura, Mahle, Sicpa Danone, além de projetos como o Centro de Cultura Judaica (UNIBES), o Santander Cultural em Porto Alegre, a Ponte Bayer e outros como o Poupatempo, o Instituto Anchieta Grajaú e o Metrô Aereo.

A produção de projetos por Roberto Loeb e equipe tem como “marca” o domínio do ofício a serviço da constante procura de soluções com foco na inovação técnica e programática, visando a concepção de “Artefatos”, na escala do mobiliário, da arquitetura e do urbanismo. O “Caos” e a “Utopia” servem de matéria-prima para a reflexão conceitual no processo da criação e construção de espaços de variadas naturezas, sejam eles coletivos ou individuais. Graduado em 1965 pelo Mackenzie, exerce o ofício com seus associados do escritório LOEBCAPOTE, Arquitetura e Urbanismo Ltda.

Roberto Loeb nasceu em 17 de maio de 1941, em São Paulo, Brasil. Em 1965, formou-se pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Mackenzie, sendo mais tarde professor de projetos nessa mesma faculdade. Classificou-se em 1º lugar para o projeto da Nova Fábrica da Natura, Edifício Sede H.Stern, Edifício Sede da Igreja Messiânica Mundial do Brasil, sede do Unibanco e sede da Basf Brasileira S/A — todos em São Paulo. Os dois últimos em associações com outros arquitetos. No exterior, participou de concursos para o Indira Gandhi National Center for Arts — um Centro Cultural em Nova Delhi, Índia; o Concorso Internazionale “Le Murate”, em Florença, Itália; o Competition for the New York Waterfront, em Nova York, Estados Unidos; o New Acropolis Museum, em Atenas, Grécia; a Biblioteca Alexandrina, em Alexandria, Egito; e o Reichstagsgebäude — a nova capital da Alemanha unificada em Berlim, Alemanha. Expôs seus projetos em Paris, na mostra coletiva 30 Arquitetos Brasileiros, a convite do IFA — Institut Français d’Architecture. Participou como convidado oficial e conferencista do XVII International Congresso f Architecture em Montreal, Canadá, falando sobre “Arquitetura e Política”. Como arquiteto convidado, apresentou seus projetos na Schoool of Architecture, University of Waterloo, no Canadá e na Cranbrook Academy of Art, em Bloomfield Hills, Michigan. No Brasil, apresentou seus trabalhos em exposições individuais no Museu de Arte de São Paulo (MASP) e no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM-RJ). Junto ao Ministério das Relações Exteriores, projetou e montou exposições para o Departamento de Feiras e Exposições do Itamaraty na Galeria Debret, em Paris, França, e na Furniture Mart em New York, Estados Unidos. Foi também responsável pela exposição e desfile de moda brasileira no Pierre Hotel em New York, Estados Unidos; uma exposição de produtos industriais brasileiros em Nigéria, Lagos, Santa Cruz de La Sierra e Cochabamba, Bolívia; uma exposição da paisagem brasileira em Buenos Aires, Argentina, e uma exposição industrial brasileira em Bruxelas, Bélgica. Realizou o projeto padrão para a Blockbuster e as primeiras cinco lojas em São Paulo, projetos para as novas sedes da Companhia de Cervejas Brahma, Gessy Lever, Casas Pernambucanas, Alpargatas Santista, Camargo Corrêa, Mckinsey, Grupo Garantia, Multibrás, Cimento Tupi, Sempar, Consulado Geral do Canadá, Softbank, Intersystems do Brasil, GP Investimentos, São Carlos Participações, readequação do Centro Ericsson (sede administrativa) e GP Capitales Privados de México, em México D.C., e os novos escritórios da Russell Reynolds Associates — os dois últimos inaugurados no primeiro semestre de 2008. Responsável pelo detalhamento do projeto de arquitetura do Hotel Meliá e Centro de Convenções World Trade Center, em São Paulo, e autor dos projetos para o novo Parque Temático Hopi Hari, em Vinhedo, em conjunto com a International Theme Park Service, com área aproximada de 200.000 m². Criou para o Governo do Estado de São Paulo o modelo padrão do sistema Poupatempo, Central de Atendimento ao Cidadão do Governo do Estado de São Paulo, sendo autor do projeto das unidades Sé, localizada no Edifício da Secretaria da Fazenda, e Santo Amaro, já reproduzido em vários bairros do município de São Paulo. Destacam-se ainda projetos na área cultural como a Casa de Cultura de Israel em São Paulo – SP (Centro Cultural da Comunidade Judaica do Estado de São Paulo), o Itaú Cultural em São Paulo – SP e o Santander Cultural em Porto Alegre – RS. O arquiteto atua na área de Projetos Sociais, na produção e concepção de projetos para moradores em situação de rua ou de risco, como no Projeto Oficina Boracéa, Minha Rua Minha Casa e Projeto Anchieta.

Por esses projetos, recebeu, em outubro de 2003, o prêmio de Arquiteto do Bem das mãos da prefeita da cidade de São Paulo, Marta Suplicy. Participou em maio de 2003 do International Creativity Competition, promovido pela União Nacional dos Arquitetos da Ucrânia juntamente com demais entidades de arquitetura nacionais e regionais desse país e do Leste Europeu, para a escolha dos melhores profissionais nas diversas áreas de arquitetura nos anos 2001 e 2002. Participaram cerca de 50 arquitetos, representando a Ucrânia, Rússia, Romênia, França e Brasil. O arquiteto Roberto Loeb participou com as obras do Itaú Cultural, Centro da Cultura Judaica, Santander Cultural e Natura, sendo agraciado com a premiação de Melhor Arquiteto Estrangeiro. A cerimônia de premiação foi realizada no dia 29 de maio de 2003, em Odessa, Ucrânia, ocasião em que foi entregue a estatueta Creation, criada pelo escultor Mikhail Reva. Foi convidado como membro do júri para a premiação de 2004, sendo encarregado de proferir a conferência de encerramento em 26 de maio, em cerimônia realizada na cidade de Odessa, na Ucrânia. Em janeiro de 2004, foi convidado pelo programa Fantástico, da Rede Globo de Televisão, para apresentar uma proposta para a cidade de São Paulo dos 500 anos. A proposta apresentada trata de um Metrô Aéreo como uma forma de viabilizar o transporte coletivo da cidade de São Paulo. Em 2007, atuou como membro do júri do segundo Living Steel International Competition, um concurso internacional de grande porte, ao lado de arquitetos como Glen Murcutt, Charles Correa e Jaime Lerner. Em conjunto com o arquiteto Luis Capote, foi contratado pela Prefeitura do Município de São Paulo para realizar o Projeto de Reabilitação do Edifício São Vito (com área de 21.000 m²) no centro da cidade e, ao lado do Mercado Municipal, o Museu da Cidade. Em setembro de 2004, foi convidado para expor o projeto da Fábrica Natura-NEN na exposição itinerante Quadro da Arquitetura Brasileira, promovida pela Embaixada do Brasil na Colômbia, em Bogotá.

Nesse mesmo mês, também foi convidado pela Holcim Foundation da Suíça para apresentar o projeto da Fábrica Natura-NEN em o inaugural Fórum Mundial de Sustentabilidade e participou de mesa redonda com projetistas internacionais de edifícios sustentáveis de outras regiões do mundo. Participou da 3ª Bienal Asunción-Paraguay em outubro de 2004, como palestrante, e expôs sua obra representando a arquitetura contemporânea brasileira. A convite da Fundação Bienal de São Paulo, foi responsável pela organização do Pavilhão Brasileiro na Biennale di Architettura di Venezia (9ª Mostra Internacional de Arquitetura de Veneza, Itália), além de expor um conjunto de obras na mostra, que ocorreu entre os meses de setembro e novembro de 2004. Desenvolveu, entre 2005 e 2008, projetos para a construção da Nova Fábrica de Perfumes da Fator 5, em Arujá-SP; o Novo Centro de Criatividade e Escritórios Administrativos da IFF International Flavors & Frangrances, em Alphaville-SP; a Nova Unidade Industrial da Knorr-Bremse no Brasil, em Itupeva-SP; a Sede Administrativa da Weishaupt do Brasil, em Indaiatuba-SP; Edifícios Administrativos e de Pesquisa da AGRENCO, no Alto Araguaia-MT e Caarapó-MS; Envasadora de Água PRANA, em Campos do Jordão-SP e o Centro de Educação Ambiental para o Zoológico de São Paulo. Em 2009, projetou o Novo Centro de Distribuição da AVON no Estado de São Paulo, com 90.000m² de área construída; fez a modernização do CENESP – Centro Empresarial de São Paulo; fez o projeto urbanístico para um condomínio residencial do Grupo Equipav e um condomínio industrial, ambos em São José dos Campos- SP. Além dos serviços de desenvolvimento dos projetos de arquitetura e projetos técnicos, atua também no GERENCIAMENTO DE OBRAS, trabalhando junto com o cliente para atingir os objetivos de prazo e custos.

Entre outras obras, destacam-se o Novo Centro Tecnológico Mahle Metal Leve (autopeças), a Nova Fábrica Fator 5 (perfumaria) e a reformulação do Centro Ericsson, já concluídos. Em execução, destacam-se o gerenciamento da construção da Nova Sede Administrativa da Cocamar e da Nova Unidade Industrial da Sicpa Tintas e Sistemas. Inaugurou em junho/2008 o Novo Centro de Tecnologia e Pesquisa da MAHLE Metal Leve S.A. em Jundiaí, no Estado de São Paulo, no qual foi responsável pelo desenvolvimento dos projetos de arquitetura, interiores, bem como coordenação dos projetos técnicos complementares, acompanhamento técnico e gerenciamento das obras. Foi convidado pela Fundação Bienal de São Paulo a participar como curador da exposição do Pavilhão Brasileiro na 11ª MIA (Mostra Internacional de Arquitetura) de Veneza, realizada no período de 14 de setembro a 23 de novembro de 2008. Na área de projetos, atualmente desenvolve o novo Data Center do Banco Santander para a América Latina, na cidade de Campinas-SP; a Nova Sede Administrativa da Cocamar, em Maringá-PR; a Nova Unidade Industrial da Sicpa Tintas e Sistemas, em Santa Cruz-RJ; os novos escritórios da Goldman Sachs e reformulação dos escritórios da GP Investimentos, em São Paulo-SP; a Nova Unidade Industrial da Knorr-Bremse no Brasil, em Itupeva-SP; a Nova Sede Administrativa da CEMARA, em Americana-SP; o projeto conceitual para Ampliação das unidades fabris do Espaço Natura, em Cajamar-SP e a Nova Unidade industrial da Embelleze, em Nova Iguaçu-RJ.